Notícias

Empreendedoras movimentam o setor da moda em lojas colaborativas

Camila Yumi Kawata e Beatriz Freitas Ribeiro produzindo na Local Colab

  Movimentar o setor da moda, empreender e valorizar o design local e autoral são algumas das premissas das lojas colaborativas. Em Florianópolis, as amigas Beatriz Freitas Ribeiro, 27 anos e Camila Yumi Kawata, 30 anos, ambas manezinhas e formadas em Design de Moda pela Udesc, decidiram unir forças e abrir um espaço para abrigar e dar visibilidade para mulheres que empreendem no setor em Santa Catarina.

“Já compartilhávamos a um tempo a vontade de ter uma loja e a escolha do modelo colaborativo também sempre foi discutida entre nós, por acreditarmos que condizia com nossos valores”, explicam as sócias que inauguraram recentemente a Local Colab, no bairro Agronômica, em Florianópolis.

As empreendedoras contam que a vontade de abrir o espaço surgiu da necessidade de estar mais visível e em um ponto físico, pois, até então, o contato com os clientes era feito apenas pelo site, feiras e com pessoas que conheciam o ateliê da Rina Lab, marca própria de roupas femininas criada em 2017 por Beatriz e Camila. 

“Empreender não é fácil. Vem a insegurança, mas junto com ela a vontade de crescer e mostrar nosso potencial como criadoras. Botamos a mão na massa: ficamos um mês e meio planejando como seria a loja conversando com as marcas parceiras e construindo tudo com muito carinho”, conta Camila.

Hoje a Local Colab abriga 14 marcas, todas produzidas por mulheres, sete araras, quatro nichos grandes, três médios, três pequenos e quatro prateleiras que apresentam roupas, acessórios, cosméticos e itens de decoração. São elas: Anthea Intimates, Ateliê Ro Fumagalli, Atelier 4797, Be.Cult, Cora Oestrem, Donatelo Eco, Leve Ser Cosméticos, Rina Lab, RV Swimwear, Sabrina Melo, Serafina Slow Fashion, The Lilled Small Town, Vanille e Bem ti vi. A grande maioria é de Florianópolis, mas há também marcas de Gaspar, Massaranduba e do Rio Grande do Sul.

 Para participar da loja é preciso entrar em contato e enviar uma proposta comercial. A partir disso é feito um contrato inicial de três meses e fica a critério da marca se a mesma continuará ou não. Beatriz explica ainda que, quando um produto é vendido, 80% fica para a marca e o restante para a loja colaborativa.

  “Aqui somos muito unidas e estamos sempre trocando ideias e colaborando uma com a outra. O empoderamento feminino é algo que vem crescendo, assim como a independência financeira e a liberdade da mulher. São mulheres talentosas e que acreditam no seu potencial”, conta Beatriz.

Conceito de loja colaborativa vem crescendo em Florianópolis

Beatriz e Camila fazem parte de um novo modelo de negócio que está se expandindo cada vez mais no Brasil e que tem gerado impacto em várias cidades brasileiras. Em Florianópolis há cerca de cinco lojas colaborativas que comercializam os mais diversos produtos, desde vestuário, acessórios, beleza e itens para decoração e casa.

As sócias explicam ainda que, diferente da loja tradicional, nestes espaços é possível consumir e ter uma garantia sobre a procedência de onde vem e quem faz os produtos. Segundo Beatriz, essa é uma maneira de valorizar produtores locais que estão iniciando e também das marcas estarem em contato com o cliente, proporcionando uma troca super bacana.

Slow fashion

Algumas marcas vendidas na loja fazem todo o processo dos produtos, sem precisar de terceiros para a produção. No entanto outras fazem alguns processos como modelar e cortar, e terceirizam as costuras, o que acaba movimentando também a cadeia produtiva e gerando oportunidade de ganhos para as costureiras da região.

“Procuramos sempre perguntar onde são feitas as peças e por quem. Estar sempre atento a um sistema que valorize cada etapa de produção, desperdício mínimo, sustentabilidade, e economia local faz parte do movimento slow fashion”, destacam as sócias.

Para quem não sabe o termo slow fashion em português literal significa moda devagar, mas, pode ser chamada de moda consciente. A terminologia, usada primeiro em países da Europa, questiona a produção em larga escala e propõe uma conscientização das pessoas com relação ao consumo.

Ateliê incubado

Dentro da Local Colab fica o ateliê incubado da Rina Lab. É neste espaço que sai toda a produção da marca. Quem visita a loja pode acompanhar todo o processo, desde a criação, o corte das peças até a costura e arremates finais da peça.

“Entrando na loja a pessoa pode acompanhar todo o universo que envolve a concepção de uma peça de roupa: as máquinas e nós estamos ali para mostrar como tudo é feito. É como se você pudesse entrar em cada fábrica dos produtos que você consome, mas é numa escala menor”, explica Beatriz.

Acompanhe as novidades da Local Colab

Facebook – https://www.facebook.com/localcolab/

Instagram – @LocalColab

Endereço: Rua Delminda Silveira, 350, Agronômica, Florianópolis/SC

26 de julho de 2019

Sobre o Autor

danimelo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

Siga-nos no Facebook

A reputação de uma empresa é construída com base nos seus valores, que sempre devem ser repassados aos consumidores. Por isso, se torna extremamente relevante a divulgação de ações positivas realizadas pela marca.

A consolidação da imagem pode ser feita de diversas formas. Uma delas é por meio da assessoria de imprensa, que emplaca nos veículos de comunicação as atividades desenvolvidas pela empresa. E assim o público-alvo vai, pouco a pouco, criando uma boa percepção do negócio.

Sem falar que, em meio a tantas fake news, manter uma boa reputação tornou-se mais do que uma estratégia, uma necessidade.

Contate nossa equipe para ajudar você nesse processo de construção da imagem da sua empresa .

#amplocom #comunicaacao #assessoriadeimprensa #jornalismo #santacatarina #floripa #florianopolis #assessoriadeimprensaflorianopolis
... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook

No Dia dos Namorados, o Positano Diamond Bar by D’Vie, no IL Campanario Villaggio Resort, em Jurerê Internacional, irá proporcionar experiências gastronômicas românticas para os casais curtirem juntinhos no aconchego do lar ou no conforto do próprio restaurante.

Para garantir momentos inesquecíveis, o chef Rafael Campagnolo criou um menu especial para o jantar, seguindo todas as medidas de prevenção e segurança.

Além disso, está lançando uma novidade: a Cesta Piquenique Romântico. Regada de muito amor, sabor e sofisticação, traz várias iguarias para deliciar num fim de tarde ao ar livre.

Para quem preferir jantar em casa, o restaurante também possui um amplo cardápio e trabalha com take away e serviço de tele-entrega para os bairros de Jurerê Internacional, Jurerê Tradicional, Daniela, Canasvieiras e parte de Santo Antônio.

Informações e reservas: (48) 3261-6050 / Whats 99166-7118

#amplocom #comunicaacao #assessoriadeimprensa #jornalismo #santacatarina #floripa #florianopolis #assessoriadeimprensaflorianopolis
... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook
SOBRE NÓS

Trabalhamos focados na construção de canais de comunicação sólidos entre Clientes e Imprensa. Se você procura Assessoria de Imprensa, converse antes com a gente.

Fone :+ 55 48 99146 4997 | 48 99997 5909
Email : imprensa@amplocom.com.br